“Ser humano: que ficção é essa?” – Mesa-redonda em Curitiba, 21 de agosto

Com apoio do programa Rumos Itaú Cultural, o Projeto Enquanto Somos Humanos realiza a Mesa Redonda – Ser humano: que ficção é essa? – dia 21 de agosto, às 19h, em Curitiba, no Teatro José Maria Santos. A entrada é gratuita.

Se máquinas e robôs estão sendo programados a pensar e agir como humanos, como, ao longo da nossa história, aprendemos a ser humanos? Com o rápido avanço e inserção das tecnologias digitais em nossas vidas, a definição de humano poderá ser modificada? O que nos torna humanos? Que projeto de humanidade estamos construindo agora?

A mesa-redonda contará com a participação dos seguintes estudiosos/profissionais:

FLÁVIA BERNARDINI (RJ) – Flávia possui graduação em Ciência da Computação pela UNESP e mestrado e doutorado em Ciência da Computação pelo ICMC/USP. É professora associada do Instituto de Computação da Universidade Federal Fluminense (UFF). Tem experiência na coordenação e execução de projetos de pesquisa e desenvolvimento há mais de 10 anos utilizando Inteligência Artificial (IA). A temática de Cidades Inteligentes também tem sido um grande interesse de pesquisa. Também, coordena um projeto de ensino voltado para a educação básica, envolvendo programação, pensamento computacional e robótica educativa. Em sua fala, fará reflexões sobre o uso das tecnologias computacionais e da IA no processo diário de tomada de decisão, e os impactos sociais e educacionais no nosso cotidiano.

EDUARDO EKMAM SCHENBERG (SP). Neurocientista pioneiro no estudo de substâncias psicodélicas, trabalha com estados extraordinários de consciência em seus múltiplos aspectos, incluindo neuroimagem, xamanismo, respiração holotrópica e novos tratamentos psiquiátricos. Nesta mesa falará sobre a encruzilhada do homo sapiens neste começo de antropoceno e qual o papel dos estados não ordinários de consciência para a regeneração planetária.

RUDÁ IANDÉ (PR). estudioso do xamanismo ancestral e das multidimensões humanas, foi consultor criativo no filme Space in Between – Marina Abramovic in Brazil) – Rudá falará da rede de conhecimento contida no corpo humano e de como acessar tais informações através de experiências corporais e práticas xamânicas. Também falará sobre como os conhecimentos de povos ancestrais podem ser úteis nas sociedades contemporâneas.

TARCÍZIO SILVA (SP). Pesquisador de doutorado UFABC, Associado IBPAD – Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados. O tema de sua fala será “Abrindo as Caixas Pretas: reações à desinteligência artificial”, refletindo como o technochauvinismo tem promovido uma ideia corporativa de pós-humano. Reações e contra-narrativas do campo da academia e do ativismo serão apresentadas para destacar a opacidade das caixas pretas tecnológicas.

Mediação: VERONICA CALAZANS (PR). Doutora em Filosofia (2014) pelo Programa de Pós-graduação em Filosofia da Universidade de São Paulo. Tem experiência nas áreas de Filosofia Moderna e História e Filosofia da Ciência e da Tecnologia, atuando principalmente nos seguintes temas: realismo matemático, matematização da natureza, cultura e tecnologia. É professora adjunta de Filosofia da Ciência e Tecnologia na UTFPR.

Dia: 21 de agosto
Horário: das 19h às 22h

ENTRADA GRATUITA
Teatro José Maria Santos.
Rua 13 de Maio, 655 – Curitiba

*Esta ação integra o Projeto Enquanto Somos Humanos, contemplado pelo programa Rumos Itaú Cultural. #rumos #itaucultural . Saiba mais em http://www.teatroguaira.pr.gov.br/2019/08/2662/Projeto-aborda-a-desumanizacao-do-corpo-e-a-influencia-da-tecnologia-na-maneira-de-as-pessoas-verem-o-mundo.html 

Share – Social Media na Prática: edição Curitiba

O evento Social Media na Prática, que tá circulando por várias cidades brasileiras, chega a Curitiba dia 03 de maio. Terei o prazer de dividir o palco com vários profissionais excelentes, como o Felipe Leon, Ivan Alves e Ricardo Cappra. Falarei sobre como analisar e apresentar resultados, mostrando desde as métricas básicas em mídias sociais a oportunidades extras de gerar valor com os dados. Clique no cartaz para saber mais e se inscrever!

share - social media na prática - curitiba

Circuito 4×1: Porto Alegre, Curitiba, Salvador e Belo Horizonte

O evento Circuito 4×1, que já aconteceu no Rio de Janeiro e em São Paulo, recentemente anunciou que acontecerá em mais quatro cidades ainda neste ano. O Circuito 4×1, como o nome já evoca, reúne quatro eventos em um, apresentando vários palestrantes pra discutir a comunicação digital: redes sociais, marketing, transmídia e e-commerce.

Dia 23 de outubro vai rolar o de Porto Alegre. O evento será realizado na Faculdade ULBRA (campus Canoas) em um auditório com capacidade para 500 pessoas, começando as 08h e terminando às 18h. Serão 7 palestrantes e mais dois painéis com palestrantes e convidados que irão preencher o dia com muito conteúdo e tendências.

E a entrada é franca! Mas, evidentemente, as vagas são limitadas. Então acesse www.circuito4x1.com.br e o twitter @circuito4x1 pra ficar por dentro da programação e se inscrever.

O Oscar Ferreira, organizador do evento, me passou as datas dos próximos. Em Curitiba será no dia 16 de novembro, em Salvador será no dia 27 de Novembro e a edição de Belo Horizonte ocorrerá nos dias 09 e 10 de Dezembro. Marquem na agenda!

Intercom 2009 – Publicidade e Propaganda, Multimídia, Cibercultura, Conteúdos Digitais e Convergências Tecnológicas

Intercom 2009

intercom 2009 logo

De 04 a 07 de setembro acontecerá, em Curitiba, o XXXII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Intercom), na Universidade Positivo. É um dos maiores congressos brasileiros da área e se destaca por ser voltado a pesquisadores renomados, doutorandos, mestrandos, pesquisadores de iniciação científica e também a graduandos “normais” que podem, além de assistir aos grupos  e de trabalho e núcleos de pesquisa, participar de oficinas e apresentar trabalhos práticos no Expocom.

Assim como a Compós, este evento preza pelo livre acesso à produção acadêmica e já disponibilizou todos os artigos a acesso público. O site que hospeda estes artigos está um tanto instável, então selecionei os links de alguns dos artigos que me interessaram. Cliquem com o botão direito e “Salvar como”:

Conteúdos Digitais e Convergências Tecnológicas

Este ano, terei a honra de um trabalho do qual participei ser apresentado no grupo de pesquisa Multimídia –  Conteúdos Digitais e Convergências Tecnológicas. O artigo faz parte da pesquisa da profª. drª. Graciela Natansohn, do qual eu e Samuel Barros, co-autores, fazemos parte. Se chama “Revistas Online – cartografia de um território em transformação permanente” (ou no slideshare).

Outros trabalhos deste GP que me chamaram a atenção e estão na lista de leitura:
Especificidades Midiáticas e Convergência Digital: Estranhamentos dos Meios – Rafael Franco Coelho(UFG), Cleomar de Sousa Rocha(UFG)

Edições Digitais de Periódicos: Gradações de Interatividade e Potencial Hipermidiático – Ildo Francisco Golfetto(UFSC), Berenice Santos Gonçalves(UFSC)

Os Gadgets do Presidente: Interatividade e Mobilidade na Campanha Eleitoral de Barack Obama – Renata Gonçalves(UFSJ)

A atuação da promoção de vendas em meios digitais – Adriano de Almeida Gadbem(UMESP)

Era Digital: novas linguagens para a construção do Design de Relações – Joana Gusmão Lemos(UNESP)

Cibercultura

Cibercultura também faz parte da divisão temática Multimídia. Alex Primo, o coordenador deste GP, produziu um blog especialmente para o evento. É curioso como a quantidade de trabalhos sobre Twitter explodiu este ano, merecendo um painel exclusivo com cinco trabalhos, além de trabalhos nos outros GPs e no Intercom Júnior.  Entre os que mais me chamaram a atenção:

Como fazer amigos e influenciar pessoas 2.0: quando o capital social desvia para o capital de influência – Jorge Rocha Neto da Conceição(UNA)

Mobile Social Network: a tecnologia móvel e o avanço das novas redes sociais – Sandra Mara Garcia Henriques(PUCRS)

Informações Hiperlocais no Twitter: Produção Colaborativa e Mobilidade – Gabriela da Silva Zago(UFRGS)

Conteúdo Gerado pelo Consumidor: Reflexões sobre sua apropriação pela Comunicação Corporativa – Sandra Portella Montardo(Feevale)

Apontamentos metodológicos iniciais sobre a netnografia no contexto pesquisa em comunicação digital e cibercultura – Georgia Miroslau Galli Natal(utp), Adriana Amaral(utp), Lucina Reitenbach Viana(utp)

Publicidade e Propaganda

Na divisão temática específica para publicidade e propaganda, destaco:

A publicidade pessoal nas redes sociais – Walter Freoa(Cásper)

Entender a classe C: o novo desafio da comunicação publicitária – Sandra Dalcul Depexe(UFSM)

Observatório de Marcas – Elizete de Azevedo Kreutz(UNIVATES), Francisco Javier Mas Fernández(UMAYOR)

A luz como elemento de linguagem em filmes publicitários – Armando Pilla(FURB), Cynthia Morgana Boos de Quadros(FURB)

+ Publicidade e Comunicação Digital

O evento ainda conta com outros dois motivos para interessar ao publicitário digital. A Mesa Redonda 11 – “Comunicação Publicitária em Novos Formatos”, reunirá Adolpho Queiroz (INTERCOM / UMESP), Vicente Frare (PULP), Patrícia Papp (PULP) e Fernanda Ávila (PULP). Também acontecerá o lançamento dos livros Como Planejar e Executar uma Campanha de Propaganda de Marcelo Abilio Públio(PUCPR) e Publicidade na Era Digital: um desafio para hoje, de Mariana Lapolli(UFSC) e outra dezena de livros das área de comunicação digital e publicidade.

Vou tentar cobrir o congresso para este blog e para o blog da PaperCliQ. Enquanto isso, visite o site e o Ning do evento.