Memória Gráfica Brasileira

“Dedica-se a resgatar e valorizar o riquíssimo legado do design no Brasil, assim como das atividades congêneres que já abarcavam a criação e o projeto antes que o design se configurasse como campo profissional.”

É quase bom demais para ser verdade. O Memória Gráfica Brasileira existe desde este ano, e está criando aos poucos seu acervo. Mas o seu primeiro grande trunfo é o “J. Carlos em Revista.” O célebre diretor de arte e ilustrador é homenageado com nada menos que a digitalização e publicação online de todas as edições entre 1922 e 1930 das revistas Para Todos e O Malho. Em outra postagem já falei de J. Carlos, sobre as capas sequenciadas que ele fez para a Para Todos no carnaval de 2007.

O Memória Gráfica Brasileira é, simplesmente, um item indispensável nos “favoritos” de qualquer design, estudante ou entusiasta brasileiro que se preze.

2 comentários sobre “Memória Gráfica Brasileira

  1. Pingback: Google lança arquivo online de revistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *