Toy Art na Revista Fraude #6

O simpático coelhinho acima é o Smokin Rabbit, um dos exemplares mais famosos de toy art.  Mas que raios é toy art? Isso você pode pesquisar no Google. Mas uma matéria bem escrita – modéstia à parte – sobre os artistas baianos, você só encontra na revista Fraude #6!

Dia 28 de novembro a sexta Fraude será lançada com esta matéria, escrita por mim e Alana Camara. A festinha pra apresentar este número ao mundo, e promover a catarse de todo estresse que os criadores superam, acontecerá aconteceu no Bar Balcão, a partir das 18h, no Rio Vermelho. Mais tarde, às 22h ocorrerá ocorreu um show da banda Os Mizeravão, que adapta músicas de diferentes estilos e proveniências em uma performance bem-humorada. Na entrada do show, será foi cobrado um ingresso no valor de R$13,oo.


Este número também trará matérias sobre software e cinema colaborativo, animação publicitária, literatura no Twitter e outras surpresas. Já escrevi bastante sobre a revista, da qual fiz parte da equipe do terceiro ao quinto número e dei uma ajudinha nesse sexto. Confiram: Fraude #1; Fraude #2; Fraude #3; Fraude #4; e Fraude #5.

Veja fotos do lançamento no blog do Petcom.

4 comentários sobre “Toy Art na Revista Fraude #6

  1. olá, eu baixei o livro que vc recomendou e aproveitei e baixei o do andre vilas-boas tb! obrigada.
    posso divulgar o acesso a estes arquivos em meu blog?

    abraços!

  2. Fala Tar.

    Cara, as poucas peças de toy art que aportam por aqui por Recife são absurdamente caras. Isso é um padrão, ou a gente aqui é azarado mesmo?

    :-P

  3. quero muito um exemplar dessa com o assunto toy art!tem com enviar pelo correio?? o meu tcc é sobre toy!sou estudante de artes visuais da UFRN!XERO!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *