Racismo e desinformação: apontamentos sob a perspectiva antirracista

De que modo a desinformação fortalece e é implicada por lógicas racistas? Como as fake news se articulam com outros fenômenos, como o discurso de ódio, e, deste modo, aprofundam violências contra grupos racializados? O que os diversos conteúdos enganosos sobre Marielle Franco, que circularam rapidamente na internet após o seu assassinato, nos dizem sobre desinformação como expressão do ódio racial? As diferentes narrativas que surgem sobre jovens negros logo após serem assassinados, como se fossem criminosos, e como se isso fosse justificativa para suas mortes, não materializam uma simbiose entre desinformação e racismo?

Buscando refletir sobre essas questões, o texto representa uma contribuição no sentido de pluralizar o debate sobre desinformação no Brasil, tendo como base o entendimento de que não é possível falar em desinformação ou fake news desconsiderando o racismo e as desigualdades raciais que nos caracterizam. Foi redigido pelas coordenadoras e membros do Grupo de Pesquisa em Comunicação Antirracista e Afrodiaspórica e publicado como capítulo do livro “Comunicação e ciência: reflexões sobre a desinformação” editado pela INTERCOM.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *