Racismo algorítmico e proteção de dados

Nos últimos dias 26 e 27, foi realizado o Seminário Proteção de Dados e os Impactos Sociais na Escola Legislativa da ALERJ. Em duas mesas foram debatidos temáticas sobre proteção de dados, racismo algorítmico, reconhecimento facial e internet com a participação de pesquisadores do Direito, Comunicação, Segurança Pública e Engenharia.

Tive a honra de participar do primeiro dia de debate junto a Estela Aranha, jurista e presidente da Comissão de Proteção de Dados e Privacidade da OAB-RJ ; e Pablo Nunes, cientista político e coordenador do Centro de Estudos de Segurança e Cidadania (CESeC/UCAM). A mediação foi realizada por Ana Carolina Lima, idealizadora do AqualtuneLab:

No segundo dia, o debate “Tecnologia e Exclusão: os desafios para as políticas públicas” reuniu a professora Caitlin Mulholland, o tecnologista Diego Cerqueira (ITS) e Debora Pio, Gestora de Comunicação do NOSSAS, com mediação de Arthur Almeida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *