10 Dicas para quem quer trabalhar com comunicação em mídias sociais

Já procurei e ofereci vagas de emprego, sempre em comunicação digital. Esse tipo de discussão, sobre o mercado e a demanda por profissionais me interessa muito, então decidi preparar umas 10 dicas pra quem quer trabalhar com comunicação em mídias sociais. Uma das coisas que me fascina sobre o mercado de trabalho em mídias sociais é a possibilidade de capacitação, posicionamento e colocação profissional através das próprias mídias sociais.

01 – Aprende quem quer
Não existe mais essa história de “não tem cursos focados em mídias sociais” ou “os eventos só rolam em São Paulo”. E nem precisa “tirar a bunda da cadeira”: basta uma conexão e você pode acessar slides, webinars, artigos, livros, vídeos, bases de dados, enquetes etc. Se você é do tipo que só aprende quando tem um professor lhe cobrando em uma sala de aula, você vai ficar (na verdade já é) obsoleto.

02 – Línguas são suas amigas
Quanto mais línguas você souber, mais você poderá aprender. Inglês é indispensável, espanhol, francês, alemão e italiano podem ajudar muito. Línguas menos comuns como chinês e japonês podem ser um diferencial enorme, porque vai lhe dar a oportunidade de conhecer outros ambientes e padrões de comunicação. Mas não me venha com “sou social media” ou “social media analyst”. Inglês é pra ler e aprender, pra falar com seus pares use o português.

03 – Casa de ferreiro, espeto de ferro
Não vou falar aqui em questões éticas: é óbvio que você deve ser uma pessoa “boa” e justa. Mas digamos que não seja… você ainda faz a genialidade de publicar isso a quatro ventos? Seus perfis e interações nas mídias sociais dizem MUITO sobre você. Se eu vejo uma falha ética, já corto o currículo. Use suas mídias sociais a seu favor. Interaja, conheça pessoas, aprenda…

04 – Fazendo o Currículo Digital
Se você realmente quer o emprego, pense que o currículo “em papel” ou pdf é só uma parte da coisa. Parte, inclusive, cada vez mais dispensável. Eu uso um formulário Google Docs pra pedir as informações que preciso quando existe alguma vaga. E, na maioria dos casos de processos seletivos de agências de mídia social, existe o campo pra colocar Twitter, Facebook, MeAdiciona etc… Coloque todos. Se você tem vergonha ou acha que alguma presença online sua pode lhe prejudicar, você não está preparado para esse tipo de trabalho.

05 – Pretensão não é legal
Gente que é chamada de “guru”, “especialista”, “palestrante profissional”, “evangelista” já me deixa com o pé atrás. Mas gente que se auto-entitula me causa repúdio. É o mesmo que acontece quando se publica livro, blog ou posts com títulos envolvendo palavras como “bíblia”, “guia”, “definitivo”, “tudo”. NADA em comunicação é assim. Tudo se transforma na sociedade. Imagine então na comunicação digital!

06 – “Quem com porcos anda…”
Continuando a vibe “ditados”: quem com porcos anda, farelo come. Associe-se a pessoas inteligentes, éticas etc. Acima de tudo, tenha valores. Não se associe a um blog ou veículo, por exemplo, só porque é muito visitado. Alcance não é nada quando isolado, quando vazio.

07 – Aprenda no computador, mas também aprenda com o papel
Na verdade, o título dessa dica tá cada vez menos apropriado, ainda bem! “Clássicos” das áreas de comunicação, sociologia, filosofia, psicologia são digitalizados, viram ebooks (pagos ou ‘piratas’) e é possível acessar verdadeiras “bibliotecas universitárias” em pdf, como a Gigapedia. Então, entre as bibliotecas da sua cidade, repositórios online e gigapedia, entenda a comunicação e áreas correlatas com os clássicos.

08 – Bom Senso
No final de contas, tudo se trata de bom senso. Tenha bom senso em todos os casos. Não seja agressivo na prospecção de vagas, não force relacionamentos… Mostre que você pode planejar e gerenciar presenças digitais de grandes empresas.

09 – Produza!
Produzir conteúdo é sempre necessário, seja pra quem ainda não teve muita oportunidade de mostrar trabalho, seja pra quem tá no estabelecido no mercado. Produzindo você treina, pensa, se inova e mostra do que é capaz, especialmente em relação a planejamento. E, vamos combinar, planejamento é necessário pra todas áreas.

10 – “Não basta botar o ovo, tem que cacarejar”
Eu vi essa frase pela primeira vez no Promo Planners e a uso desde então. Se você segue todas as dicas acima, faça com que seus pontos positivos possam ser vistos. Auto-promoção é algo legal sim, desde que usado com inteligência e parcimônia.

19 comentários sobre “10 Dicas para quem quer trabalhar com comunicação em mídias sociais

  1. Texto sóbrio, direto e informativo como sempre, meu caro Tarcízio. Eu acrescentaria uma orientação no tópico 9, alertando os mais “inocentes” que ao compartilhar conteúdo o autor não abre mão da autoria, logo, se quer usar esse material como referência em novas produções, o faça, mas com o devido crédito e respeitando os limites éticos desse “aproveitamento”. Já vi muitas contas no slideshare com mais material que a wikipedia, detalhe, sempre com a assinatura do ser. Considerando a idade do “gênio”, muito difícil acreditar que teve tempo hábil para realizar tantos estudos. Exemplos não faltam, infelizmente.

  2. Ola Tarcizio,
    li seu texto e tenho interesse em aprender mais sobre midias sociais.
    Estou te seguindo no Twitter que criei para a empresa SOS Ed. Profissional do Recreio (@sosrecreio)e aguardo seu contato pois gostei muito de sua objetividade.
    gde abco
    Rosa.

  3. Acho que essa é a postura necessária para que o mercado de comunicação digital amadureça e cresça de forma consistente.
    Hoje é muito comum ver os tais “gurus” que Tarcizio cita fazendo muita “espuma”, mas no fim muito pouco conteúdo. Tivemos algumas palestras no IMRS com profissionais badalados que pelamordedeus…
    Enfim, excelente texto Tarcizio.

  4. Pingback: Rodolfo Sabino - 10 Dicas para quem quer trabalhar com comunicação em mídias sociais

  5. Bom dia!
    Gostei muito do artigo. Só ficou uma dúvida.
    Não entendi o porque você citou bíblia e evangelista. Não vejo nenhum mal a pessoa citar isso, desde que não tente persuadir os outros, mas mostrar que é de Cristo requer coragem, e é para os fortes!

  6. Pingback: 10 dicas para quem quer trabalhar com comunicação em mídias sociais « Comunicasolar's Blog

  7. Oi Tarcízio,
    Excelente texto, sou publicitária e estou procurando me aperfeiçoar em mídias sociais.
    Acho as palvras Guru e evangelista ridículas
    e nem vejo muita gente usando essas palavras no Brasil, vejo muito nos artigos americanos o cara
    se auto-titular de guru, kkkkkkk Mas, discordo de você quanto a palavra especialista, acho bacana, inclusive te considero um especialista em
    mídias sociais. Se tem especialista em Direito Tributário, marketing esportivo, arquitura sei lá o que, não vejo problema nenhum eu um dia que estou estudando ser um dia considerada uma especialista.

    Obs. Livro com a palavra Bíblia é meio demais mesmo, deixa pra Jesus essa…

    Bjsss,

    Maura

  8. Oi Jéssica. Assim: quando ele falou em bíblia, se referiu a livros que se intitulam “A Bíblia do Photoshop”, “A Bíblia do WordPress”, indicando que o livro escrito se propõe a ser O livro definitivo sobre tal assunto. E Evagelista é aquela pessoa que se diz (ou que dizem dela) como quem sabe TUDO sobre determinado assunto e é aquele que vive de promover, divulgar e tentar arrebatar mais seguidores para essa ou aquela tecnologia. Enfim, não se trata de religião.

  9. Pingback: jovensdesempregados

  10. Li o texto pela primeira vez hoje e já vou pegar algumas coisas comor egras, espero conhecer-lhe ao vivo no próximo curso da trespontos dia 16 de Abril sobre Gestão de Midias Sociais, será a minha primeira vez e talvez por uma coincidência, no dia de meu aniversário.

  11. 05 – Pretensão não é legal

    Não é essa a impressão que você me passa. Aliás, desculpe a sinceridade, mas você é uma das pessoas mais pedantes e pretensiosas que conheço. Ao menos é essa impressão que você passa nas suas redes socais.

  12. E não precisa nem aceitar, mas eu sinceramente gostaria de mandar esse recado pra você. Até porque essa não é uma impressão só minha, e sim de grandes profissionais de comunicação experientes e reconhecidos. É uma pena, por essas e outras não te seguimos mais (sei que não precisa, mas enfim).

  13. Obrigado, Laura. Claro que vou aceitar, e ainda agradecer pela sinceridade. Se você tiver comentários mais específicos sobre o que deu essa impressão de pedantismo e pretensão e puder falar – por aqui ou por email, eu gostaria de receber. Tentarei melhorar. Uma coisa que tenho observado é que o padrão na expressão das opiniões sobre produtos e empresas (poucos entre os satisfeitos falam bem, muitos entre os insatisfeitos falam mal) é inversa quando se trata de pessoas: muitos dos satisfeitos falam bem, poucos dos insatisfeitos falam mal. Sua impressão, provavelmente, condiz com a de várias outras pessoas. Se puder falar mais, agradeço.

    abs,

  14. só achei estranho essa parte: 05 – Pretensão não é legal. …existem técnicas que dizem que o imperativo convence o consumidor, e na net tbm funciona, existem gurus, pessoas que já tem experiência o bastante para ser um grande líder. Donald Trump, por exemplo, é um grande guru

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *