Retorno das mídias sociais como ferramenta de comunicação interna

Mark Schaefer, que escreve no Business Grow, advoga pelo uso de mídias sociais nas estratégias de comunicação interna. Em recente artigo chamado Social Media ROI – You’re looking in the wrong place, Schaefer defende isto  ao mostrar dados da McKinsey que mostram que a interação e consumo midiático em sites como Facebook e Twitter respondem por apenas 5% destas atividades, quando comparados a trocas presenciais, TV, rádio etc.

Os ramos de negócios que mais se beneficiariam das mídias sociais seriam aqueles que reúnem algumas das seguintes características:

– Alta porcentagem de trabalhadores do “conhecimento”
– Confiança no reconhecimento da marca e percepção do consumidor
– Necessidade de manter uma reputação forte para construir credibilidade e confinaça do consumidor
– Método digital de distribuição de produtos ou serviços
– Produtos ou serviços experienciais (ex: hotéis) ou inspiracionais (ex: produtos esportivos)

Empresas de mídia, educacionais, de software e de produtos de consumo seriam bons exemplos. O gráfico abaixo posiciona os setores das empresas de acordo com seu Valor Potencial x Facilidade de Capturar este Valor Potencial. O tamanho das bolhas se refere à importância do ramo no PIB (no caso, dos Estados Unidos):

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *