Planejamento de Projetos Digitais

No último dia 11, participei do Workshop Planejamento de Projetos Digitais, por Diego Rydz do SetWeb Institute. As quatro horas de curso trataram de metodologias de desenvolvimento de projetos (PMI, Metodologia Moebius, Metodologia SetWeb), dando ênfase a projetos de sites.

Os módulos do curso foram: Projetos Digitais; Metodologia para Projetos Digitais; Planejamento de Projetos Digitais; e Métricas de Resultados. No primeiro módulo, um panorama geral sobre projetos digitais. No segundo, foram apresentadas as principais metodologia, como a Moebius, apresentada abaixo.

metodologia moebius

Em seguida, o workshop foca no planejamento em si, detalhando cada fase da metodologia própria da SetWeb, com algumas considerações sobre as outras metodologias. As ferramentas de Briefing, Cronograma, Planejamento de Layout, Arquitetura de Informação, Desenvolvimento de Layout, Planejamento e Desenvolvimento de Páginas  Internas seguem a partir daí. Especialmente o que tange o relacionamento com o cliente e as técnicas utilizadas nas nas negociações e desenvolvimento conjunto foi destrinchado.

Na parte de métricas, foram apresentadas algumas formulações interessantes.  Sempre o que vai falar mais alto para um cliente é o valor ganho ou economizado. No caso de relacionamento com o visitantes, mesmo com o desenvolvimento da coleta e apresentação de métricas de interações sociais, estas ainda são um pouco intangíveis financeiramente falando. Mas o worskshop usou o exemplo de um Call Center da Brastemp que conseguiu otimizar os custos de contatos com o consumidor, uma vez que o custo de contato via web é bem menor que o 0800.

Esse foi o papel de tipos de mensurações que ultrapassam as básicas (visitas, exibições, tempo de navegação etc). Os chamados Pontos de Interação Comuns, Touchpoints e iROI. O primeiro são os “conjuntos de pontos que remetem a um processo que envovle o back office ou a equipe de administração do site”, euquanto Touchpoints são os triggers de alguma funcionalidade que gera receita ou corte de custos, como no caso da Brastemp. iROI, que não vem de return over investment, é a relação da oferta vs de,amda = soma das interações e touchpoints divididas pelo total de visitantes em um período, e que representa a efetividade de um site.

Em tempos de mídias sociais e marketing de buscas, é bom relembrar a importância do planejamento da identificação mais básica e essencial de uma marca na internet: seu próprio site. Mesmo que seja apenas a ponta do iceberg da presença digital, ainda continua a ser o que está acima do nível do mar, muitas vezes revolto.

2 comentários sobre “Planejamento de Projetos Digitais

  1. Grande Tarcizio, perfeito seu resumo do curso… acho que eu mesmo nao faria melhor. Agradecemos a sua participação e aguardamos você em outro workshop do SetWeb Institute

  2. Pingback: Xiscando.com | Dando publicidade à propaganda » Grupo de agências digitais abre “escola” em Salvador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *