Eleições nas mídias sociais: filtre o que quer ter acesso

Manoela Augusta, leitora da Casa do Galo, me enviou esse email depois que publiquei o texto “Vendendo pessoas na internet“. Ótimas considerações,  decidi publicar aqui e destaco algumas frases:

Eu vejo de forma otimista a inserção destes políticos nas mídias socias, não acontecem de hoje, aqui em Goiânia já tem um tempo que os mesmos as utilizam em suas campanhas fora de época e na época.

O que eu vejo de bom nesta inserção é o fato de termos a opção de filtrar melhor o que queremos e o que não queremos ver ou ter contato. O que não acontece quando eles estão inseridos na televisão por exemplo é obrigatório. Esta inserção também vai fomentar as discussões sobre política principalmente entre jovens, já que estes são os que mais acessam as mídias sociais o que eu vejo como um ponto positivo, já que é necessário que entendamos de política e políticos, mas eu acredito que não será bem recebida.

Se feita de forma correta digamos assim, as mídias sociais podem acabar se tornando um grande espaço para discussão polítca, troca de informações e ideias, ou seja já será o início de uma grande mudança dentro deste cenário.

2 comentários sobre “Eleições nas mídias sociais: filtre o que quer ter acesso

  1. Sabe que eu concordo com a Manoela.

    A proximidade com os políticos vai fortalecer a cobrança e motivar os jovens, principalmente eles, a entenderem melhor e se mobilizarem para mudanças em nosso país.

    Da mesma forma que li um post hoje sobre propagandas #fail, com certeza teremos políticos #fail.

  2. Pingback: Mídia Boom l Mídia Social e Adjacentes! » Blog Archive » Vantagens das Eleições nas Mídias Sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *