Evocando Cartões Postais no Instagram: estudo automatizado de imagens

Escrito em parceria com a orientanda de especialização Mariana Zanotti, aprovei artigo Evocando Cartões Postais no Instagram: estudo automatizado de imagens no Congresso Nacional da Intercom deste ano, que acontecerá em Joinville. O artigo faz parte de uma série de experimentos sobre a aplicação de computação visual ao estudo da comunicação e cultura, que estamos desenvolvendo no IBPAD e já teve estudos sobre marketing turístico, estudo de influenciadores, construção de imagem política entre outros.

Resumo: Os cartões postais são materiais mistificados desde a sua gênese no final do século XX. Entre sinais de crise e ressignificação, mantêm-se como objeto cultural reconhecível por indivíduos de todo o mundo, a despeito de serem efetivamente usuários ou não do formato. Com a popularização de sites de redes sociais e aplicativos voltados a publicação cotidiana de fotografias, como o Instagram, usuários evocam estilos de formatos consagrados. O artigo apresenta experimento de análise e visualização apoiada por computação visual de 14 mil publicações com a hashtag #postcard. Como resultado da aplicação de algoritmos de modularidade, identificou 7 agrupamentos de entidades visuais presentes nas fotografias, através das quais os usuários se apropriam do conhecimento tácito dos públicos sobre o formato para gerar conteúdos de construção estratégica de seus perfis pessoais para suas audiências.

A imagem abaixo representa a rede de imagens gerada durante a análise e descrita no trabalho. Além do artigo, compartilhamos também os datasets principais.

 

Saiba mais sobre o evento em http://www.portalintercom.org.br/eventos1/congresso-nacional/2018  e acesse o artigo diretamente no ResearchGate

Novo artigo: “Georges Perec e Monitoramento de Mídias Sociais”

A obra de Georges Perec tem sido reapropriada para diversos outros fins em disciplinas como sociologia, psicologia e geografia. O presente artigo, “Georges Perec e o Monitoramento de Mídias Sociais: algumas aproximações e possibilidades” oferece uma revisão de algumas dessas reapropriações, com ênfase na pesquisa de viés sociológico e comunicacional ressignificada com potencialidades e restrições próprias do registro e resgate do cotidiano nas mídias sociais, incluindo leitura crítica de um estudo de caso. Está disponível nos anais do 40º Congresso da Intercom, que acontecerá em setembro:

Pesquisa baseada em Dados Sociais Digitais: mapeamento de ferramentas e táticas de coleta de dados no Intercom

Acaba de ser publicado meu artigo “Pesquisa baseada em Dados Sociais Digitais: mapeamento de ferramentas e táticas de coleta de dados no Intercom“, na revista digital iberoamericana Razón y Palabra. O objetivo do trabalho foi mapear padrões entre os artigos publicados no evento que realizaram coleta de dados interacionais, conversacionais e opinativos em sites de redes sociais. Variáveis relacionadas a quantidade de dados, ferramentas de coleta, plataformas analisadas e apresentação dos resultados foram rastreadas à luz de questões referentes aos desafios e potencialidades destas modalidades de pesquisa.

Total de Artigos x Artigos baseados em Coleta de Dados Sociais

O congresso da Intercom, Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, é o maior congresso de ciências da comunicação no Brasil. Além de conferências, traz grupos de trabalho, atividades de exposição competitiva de produtos laboratoriais, lançamento de livros e outros espaços de sociabilidade e colaboração entre pesquisadores do Brasil e outros países. A produção publicada neste evento serviu de indicador para refletir sobre as oportunidades, desafios e tendências que a oferta de dados nos sites de redes sociais trazem para os pesquisadores acadêmicos.

principais fontes de dados sociais digitais

Os GTs diretamente relacionados à mídias sociais neste congresso foram mapeados: Núcleo de Pesquisa em Tecnologias da Informação e da Comunicação [até 2008) e os grupos Cibercultura e Conteúdos Digitais e Convergências Tecnológicas a partir de 2009. A partir da filtragem de 704 artigos, cheguei a 72 que trabalharam diretamente dados interacionais, conversacionais e opinativos. As questões de pesquisa abaixo são respondidas e cruzadas com questionamentos sobre a redistribuição de métodos e especificidades da pesquisa digital.

a) Quantos trabalhos publicados no evento utilizaram coleta de dados sociais digitais?
b) Quais sites de redes sociais são abordados nos trabalhos do evento?
c) Quais as ferramentas utilizadas para coleta e processamento dos dados?
d) Quais os tipos de conteúdo e volume analisados nos artigos?
e) Como os pesquisadores abordam a relação entre conteúdo e indivíduos publicadores?
f) O conteúdo é apresentado de forma direta ou através de visualizações?
g) Os indivíduos observados, direta ou indiretamente, nos dados empíricos, são anonimizados?

De modo geral, os resultados parecem apontar para a necessidade de maior domínio e clareza de procedimentos metodológicos, exploração do potencial de tratamento do volume de dados e detalhamento de processos de codificação e análise que potencializem o aproveitamento das particularidades dos sites de redes sociais.

Leia o artigo em: Pesquisa baseada em Dados Sociais Digitais: mapeamento de ferramentas e táticas de coleta de dados no Intercom.

Intercom – Congressos Regionais 2011

O portal da Intercom já disponibiliza datas, etapas e informações sobre os cinco congressos regionais. Confiram:

XVI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sudeste
Data: 12 a 14 de maio de 2011
Local: Fecap – São Paulo – SP

XII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul
Data: 26 a 28 de maio de 2011
Data: Universidade Estadual de Londrina – Londrina – PR

X Congresso de Ciências da Comunicação na Região Norte
Data: 01 a 03 de junho de 2011
Local: Faculdade Atual da Amazonia – Boa Vista – RR

XIII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Centro-Oeste
Data: 08 a 10 de junho de 2011
Local: Universidade Federal do Mato Grosso – Cuibá – MT

XIII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Nordeste
Data: 15 a 17 de junho de 2011
Local: Centro Universitário Cesmac – Maceió – AL

Trabalhos Intercom 2010 publicados nos anais do evento: cibercultura, publicidade, relações públicas e muito mais

Pra quem vai e também pra quem não vai para o Intercom 2010 em Caxias do Sul: os trabalhos já estão publicados no endereço http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2010/index.htm . Vale muito a pena navegar pelos trabalhos, seja você graduando, pesquisador ou profissional esperto que se preocupa com a formação contínua.Pra quem não conhece, o Intercom é o Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Acontece todo ano em seis ocasiões: cinco eventos regionais (Norte, Sul, Sudesde, Nordeste e Centro-Oeste) e o evento nacional. Todos possuem eventos como colóquios, apresentação de artigo em grupos de pesquisa e apresentação de produtos produzidos por graduandos.

Quem acompanha o blog, talvez lembre do post que fiz sobre o Intercom 2009, que aconteceu em Curitiba. Neste ano participarei com uma oficina sobre jogos sociais com o Thiago Falcão e apresentarei um artigo, de título “Gerenciamento de Impressões através de aplicativos sociais: uma proposta de análise“, escrito em co-autoria com Falcão e meu orientador, José Carlos Ribeiro. Também aproveito rpa indicar trabalhos  me interessaram: As dinâmicas do social game Farmville e o processo de identificação, de Rebeca Rebs;  Políticas de Conduta em Mídias Sociais: atribuição de relações Públicas, de Carolina Terra e Laís Bueno; A hiper-realidade em Cleycianne: efeitos de verdade a partir da paródia, de Adriana Santana, Cecília Almeida e Diego Gouveia; Product Placement: integração entre marcas e narrativas audiovisuais, de Licínia Iossi; Visualização de dados na construção infográgfica: abordagem sobre um objeto em mutação, de Adriana Rodrigues; Jogos Sociais e publicidade: um novo suporte persuasivo através das redes sociais, de Rodrigo Pimenta e Karla Patriota; Interfaces entre comunicação organizacional, relações públicas e teoria de stakeholders, de Vivian Smith; O gerenciamento da impressão das organizações contemporâneas, de Silvana Sandini.

A lista poderia continuar. O evento é sempre um marco devido a suas múltiplas atividades. No primeiro dia, por exemplo, acontece o Colóquio Brasil Estados Unidos. Entre os trabalhos apresentados, teremos a apresentação de Pesquisa em Cibercultura e Internet: estudo exploratório comparativo da produção científica da área no Brasil e nos Estados Unidos, de Adriana Amaral e Sandra Montardo.

Vai pra Caxias? Te vejo lá.