Como estudar audiências televisivas com as mídias sociais?

Em outubro aconteceu na Universidade Federal Fluminense o I Congresso TeleVisões, que reuniu centenas de pesquisadores que estudam narrativas seriadas como novelas e séries, representações e identidade nos produtos, novas mídias, convergência, mercado televisivo, mídias sociais, fãs, cultura sonora e outras temáticas relevantes.

Eu e Eloy Vieira, pesquisador doutorando na Unisinos, submetemos ao evento artigo que apresenta metodologia para o estudo de fãs no Twitter, com aplicações possíveis a diversos tipos de públicos e audiências. Depois da contextualização dos estudos sobre fãs nas mídias sociais, propomos 4 etapas (entrada, planejamento, análise e apresentação) que vão da imersão no tema e escolha inteligente de keywords e modos de observação até a construção de personas e visualização de resultados.

O artigo chama-se “Fãs, Consumo Cultural e Segunda Tela: proposições metodológicas acerca das audiências no Twitter

Resumo: O presente artigo organiza procedimentos metodológicos para o estudo de hábitos e características comportamentais de fãs imersos no fenômeno da segunda tela. Para isso, partimos do conceito de cultura da convergência, que engendrou estudos de comunidades de fãs (JENKINS, 2009) e então apresentamos uma proposta que visa compreender as imbricações entre fãs e segunda tela no Twitter a fim de atender demandas acadêmicas e mercadológicas acerca deste assunto. A proposta é construída a partir da coleta de dados baseadas em um arranjo quali-quantitativo de Análise de Redes Sociais e prevê quatro fases: Planejamento, Entrada, Análise e Apresentação.
 Clique para acessar o artigo completo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *