Novo artigo: “Georges Perec e Monitoramento de Mídias Sociais”

A obra de Georges Perec tem sido reapropriada para diversos outros fins em disciplinas como sociologia, psicologia e geografia. O presente artigo, “Georges Perec e o Monitoramento de Mídias Sociais: algumas aproximações e possibilidades” oferece uma revisão de algumas dessas reapropriações, com ênfase na pesquisa de viés sociológico e comunicacional ressignificada com potencialidades e restrições próprias do registro e resgate do cotidiano nas mídias sociais, incluindo leitura crítica de um estudo de caso. Está disponível nos anais do 40º Congresso da Intercom, que acontecerá em setembro:

Oito blogs sobre dados e pesquisa em comunicação criados em 2017

A blogosfera está viva! Destaco oito novos blogs sobre dados e pesquisa em comunicação criados em 2017.

Mabia Barros http://mabiabarros.com.br/

 

IEP – Elegua http://iepelegua.wixsite.com/iepelegua

Taís Oliveira – http://taisoliveira.me/

João Vitor Rodrigues https://joaovitorodrigues.com.br/

Data7 – http://data7.blog/

 

Marcelo Alves http://www.marceloalves.org/

 

Soraia Lima http://soraialima.com/blog/

 

Data: A Peek http://datapeek.wordpress.com/

Novo artigo sobre inovação em ferramentas de monitoramento de mídias sociais

Já são mais de 10 anos de ferramentas de monitoramento de mídias sociais como Sysomos, Brandwatch, Sprinklr e outras. São representantes de um complexo mercado que reuniu disciplinas e áreas como pesquisa de mercado, publicidade, tecnologia da informação e big data. Pude acompanhar (e impactar um pouco) o desenvolvimento do mix de ferramentas disponíveis aos brasileiros. Reuni um pouco desse histórico e debate, do ponto de vista da pesquisa sobre inovação, em artigo recém-publicado na Revista Animus da UFSM:  Inovação em Software as a Service: funcionalidades em ferramentas de monitoramento de mídias sociais.

O objetivo foi descrever o lançamento de inovação incremental em softwares de monitoramento de mídias sociais. A tática, típica de produtos SaaS (software as a service) vai ao encontro do conceito de beta perpétuo, característico das mídias sociais e web 2.0. Como estudo de caso, trazemos a referência ao lançamento de módulos de análise de redes baseadas em grafos em 4 fornecedoras de serviço: Sysomos, Pulsar, Digimind e V-Tracker. Propõe-se a relevância da descrição e visibilidade destes atores organizacionais, sobretudo como atores condicionantes dos ambientes interacionais online a partir das relações entre inovação e particularidades da comunicação digital.

Leia em https://periodicos.ufsm.br/animus/article/view/25274

Curso online de Análise de Redes em Mídias Sociais

Em 12 de junho começará o curso online de Análise de Redes em Mídias Sociais, que desenvolvemos no IBPAD depois de anos de experiência prática na área e mais de 10 edições de cursos abertos ou in-company. Idealizado por mim e meu sócio Max Stabile (Mestre em Ciência Política), o curso conta também com conteúdo de Marcelo Alves (Mestre pela UFF e cofundador da Vértice).

Serão mais de 90 aulas divididas em 5 módulos, que podem ser acessados pelo aluno por 6 meses. Saiba mais abaixo, veja uma aula gratuita e use o código taruvector10 para um desconto exclusivo:

.

Curso de Etnografia em Mídias Sociais – nova edição começa neste sábado 20 de maio

Começa neste sábado dia 20 de maio nova edição do curso de Etnografia em Mídias Sociais do IBPAD em São Paulo. Com minha curadoria, o curso da prof. Débora Zanini inclui 21 horas de conteúdo e atividades. Apresenta o estado da arte sobre a aplicação de técnicas etnográficas ao estudo do comportamento online nas mídias sociais, ferramentas e cases. Nesta edição, os inscritos receberão o livro Monitoramento e Pesquisa em Mídias Sociais, que conta com capítulo da professora. Saiba mais: