4 Personalidades Digitais Segundo a IBM

Em meu último post aqui no blog, analisei um estudo realizado pela AIMIA sobre os tipos de usuários de mídias sociais. Neste estudo são identificados e analisados 6 tipos de usuários e seu comportamento na web.

Seguindo a mesma vertente, porém afunilando a análise para os consumidores de mídia e entretenimento digital, avaliei um estudo que a IBM realizou em setembro de 2011, uma pesquisa digital com 3.800 usuários de 6 países – China, França, Alemanha, Japão, Reino Unido e Estados Unidos -, sobre tipos de consumidores conectados e sua relação de consumo com conteúdo de mídia e entretenimento. Segundo a IBM, não seria suficiente segmentar por idade, mas sim pelo comportamento. De acordo com a pesquisa, foram identificados 4 personalidades de consumidores:

Efficiency Experts: 41 por cento dos consumidores pertencem a esta categoria – utilizam dispositivos e serviços digitais para facilitar o dia a dia.

Content Kings: têm por hábito consumir jogos online, fazer download de filmes e de música e assistir televisão. Os Content Kings representam 9 por cento da amostra global.

Social Butterflies: Enfatizam a interação social, poisnão abrem mão de se conectar com amigos e parentes frequentemente. 15 por cento relataram que mantêm e atualizam frequentemente os perfis nas redes sociais, postam fotos e vêem vídeos de outros usuários.

Connected Maestros: representam 35 por cento dos consumidores, têm tendência para o consumo de conteúdos dos media através de dispositivos móveis. Estes consumidores são um misto dos Content King e Social Butterflies, porém, com comportamento mais sofisticado.

O gráfico abaixo é baseado no grau de acesso aos conteúdos e a intensidade com que as “personalidades digitais”esse conteúdo:

Através desses dados identificados é perceptível que segmentar pelo comportamento do consumidor é imprescindível para desenvolver e otimizar estratégias de relacionamento, com foco em oferecer experiências de consumo para públicos cada vez mais exigentes e segmentados. Pelo seu carater especifico, esse estudo se revela um tanto quanto “solitário”, mas caso haja necessidade de complementar um trabalho já pré-existente, certamente agregará valor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *